(11) 2884-3600 / WhatsApp - (11) 98363 - 0111

O descarte incorreto de pilhas e baterias pode gerar diversas complicações para a população, desde contaminação da água e do solo, até doenças.
A contaminação se dá pelo material existente nas pilhas que não são biodegradáveis, ou seja, não se decompõem, contaminando efetivamente os locais onde são descartadas.

Segundo o Portal Brasil, as pilhas e baterias preocupam as autoridades porque possuem substâncias como mercúrio, cádmo, chumbo, zinco-manganês e alcalino-manganês, que podem ser prejudiciais à saúde e ao meio ambiente. Há estudos que mostram que algumas substâncias podem levar à anemia, a problemas neurológicos e ao desenvolvimento de câncer. No meio ambiente, o descarte das pilhas e baterias pode atingir os lençóis freáticos, o solo e a alimentação.

Onde Descartar?

A legislação brasileira, por meio da resolução nº 257 do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), determina que os fabricantes devem inserir, na rotulagem dos produtos, informações sobre o perigo do descarte incorreto das pilhas e baterias automotivas e de celular no lixo comum.
Alguns fabricantes tem seus postos em supermercados diversos, espalhados pelas cidades brasileiras.

Dicas:

– Retire pilhas e baterias de equipamentos que ficarem por um tempo sem uso, para que não haja risco de vazamento de resíduo;
– Guarde-as em locais em que não haja calor e umidade;
– Prefira pilhas e baterias recarregáveis;

A Metalacre faz a sua parte, com a conscientização de seus colaboradores e a coleta de pilhas e baterias utilizadas internamente e de uso doméstico de seus funcionários.

Faça você também um descarte consciente de pilhas e baterias!

FONTE

× WhatsApp - Fale Conosco!